NONÔ: campeão paulista pelo Corinthians em 1954

                       Onésimo Barbosa nasceu dia 28 de outubro de 1928, na cidade de Belo Horizonte (MG). No meio futebolístico era conhecido por Nonô, um ponta esquerda que defendeu o Guarani de Campinas, onde fez brilhantes apresentações, e assim, começou o namoro do Corinthians por ele.

                       Até que em 1950 o alvinegro de Parque São Jorge o contratou para ser reserva do ponta esquerda Simão. Sua estreia com a camisa corintiana aconteceu no dia 18 de abril de 1950, quando o Timão enfrentou o Atlético Mineiro num jogo amistoso realizado no Parque São Jorge.

                       Neste dia o Corinthians jogou com; Bino, Murilo e Belfare; Idário, Hélio (Roberto Belangero) e Lorena; Cláudio, Luizinho, Edélcio, Nonô (Colombo) e Nelsinho. O jogo terminou com uma sonora goleada corintiana por 9×1, gols de Luizinho (3), Cláudio (2), Nonô, Edélcio, Colombo e Nelsinho. O curioso foi que o Atlético Mineiro abriu o marcador através do jogador Biguá.

                        A maior glória na carreira de Nonõ foi sem dúvida a conquista do Campeonato Paulista de 1954, quando sagrou-se campeão. Ainda hoje esse título é muito lembrado pela torcida corintiana, pois é chamado de Título do Quarto Centenário, pois neste ano a cidade de São Paulo completava 400 anos de fundação.

                         Era um título cobiçado por todos os clubes, pois sabiam que seria muito importante e que entraria para a história do clube, como realmente foi, pois até hoje o alvinegro lembra daquele dia 6 de fevereiro de 1955, quando o Corinthians empatou com o Palmeiras em 1×1 e com aquele empate a Fiel Torcida Corintiana fez a maior festa que São Paulo já havia visto.

                          E para completar aquela campanha maravilhosa, na última rodada o Corinthians fechou com chave de ouro, ao derrotar o São Paulo por 3×1, sendo que um dos gols corintianos foi anotado por Nonô e os outros dois por Luizinho e Cláudio, enquanto que Negri marcou o gol de honra para os são-paulinos. Neste jogo Nonô jogou de centroavante substituindo Baltazar.

                          Nonô deixou o Corinthians em 1955, e nesse período realizou 43 jogos, onde venceu 26, empatou 8 e perdeu 9 vezes. Marcou 15 gols.

Em pé: Alan, Homero, Goiano, Idário, Roberto Belangero e Gilmar      –      Agachados: Cláudio, Luizinho, Baltazar, Rafael e Nonô
Em pé: Cerri, Alan, Olavo, Goiano, Walmir e Julião       –    Agachados: Nonô, Cláudio, Paulo, Nardo e Simão
Em pé: Oswaldo Brandão (sem camisa), Cerri, Olavo, Alan, Idário, Walmir e Goiano – Agachados: Nonô, Cláudio, Paulo, Nardo e Simão
Em Pé: Alan, Homero, Clóvis Nori, Valmir, Roberto Belangero e Gilmar   –     Agachados: Cláudio, Luizinho, Baltazar, Jackson e Nono

Postado em N

Deixe uma resposta