ADNAN: um libanês que jogou no Corinthians

                    Adnan Abou Rizk é da cidade de el kfeir, no Libano, onde nasceu em 03 de novembro de 1946. Adnan jogou no Corinthians de 1965 até 1970 e com a camisa corintiana ele disputou 49 jogos, sendo 25 vitórias, 12 empates e 12 derrotas. Marcou 6 gols. Aualmente vive em Ribeirão Pires, onde sua família tem várias lojas. Infelizmente teve sua carreira abreviada por causa de uma grave contusão após dividida com o zagueiro Zé Oto, do Bahia.

Adnan, que chegou a atuar ao lado de Édson e Rivelino no meio de campo corintiano, deixou o Parque São Jorge para defender o Juventus, mas já não tinha tantas condições físicas. Em 1968, ele atuou pelo Formigão, de Formiga (MG), onde teve como comandantes Henrique Frade e Carlos Alberto Silva. Ele atuou ao lado de jogadores como Antônio Carlos, Gilson, Coutinho, Sudaco e Cristóvão.

                    Em 23 de outubro de 2015, o jornal A Voz de Ribeirão Pires publicou um artigo sobre Luiz Américo e Adnan, que segue abaixo, na íntegra: “Dentre os diversos craques e excelentes jogadores que surgiram no futebol de Ribeirão Pires desde tempos imemoriais, certamente os personagens que retratamos na coluna da semana nesta Voz de Ribeirão Pires podem ser considerados como os de maior projeção e importância histórica para o futebol da região do ABC e da própria cidade.

                    Claro que estamos nos referindo sobre o volante Luiz Américo e do meia Adnan. Ao escrever sobre esses craques, suas memórias, passagens e estórias, percebem-se também as profundas relações pessoais entre ambos, onde o futebol foi tão somente “apenas” mais uma realização, mais um ato em suas respectivas trajetórias.

                    O libanês de nascimento e brasileiro naturalizado Adnan Abourizk é da cidade de el kfeir, é o segundo filho do casal Rafael Salim Abourizk e Naziq Agi Abourizk. Seus irmãos Jamal e Salim também vieram ao Brasil com a família em 1952. A família Abourizk chegou ao Brasil em 1952, quando Adnan tinha seis anos de idade e foram morar em Ribeirão Pires,

                    No inicio Adnan jogava futebol no extinto time do Palmeirinhas, que utilizava o antigo campo do RPFC, hoje uma revendedora de automóveis. Depois, aos 14 anos de idade, começou a jogar no Ribeirão Pires FC, onde mesclava atuações entre o campo e o futebol de salão. Do alvinegro ribeirãopirense, Adnan acabou por fazer testes no Corinthians, passando e dando inicio a bela trajetória no futebol profissional. Um fato curioso ocorreu com Adnan, que antes de fazer testes no Corinthians foi jogador do Santos FC, onde treinou por algum tempo.

                    Adnan atuou por Corinthians, Formiga de Minas Gerais, Juventus, América de São José do Rio Preto e Olaria. Encerrou carreira no Juventus. Adnan foi campeão em diversas oportunidades pelo time juvenil e dos aspirantes no Corinthians em fins da década de 60, além de torneios nacionais e internacionais. Adnan também foi campeão pelo Juventus.

                     Quando foi profissionalizado pelo Corinthians do técnico Oswaldo Brandão, o meia Adnan era considerado uma jovem promessa do time paulista e do próprio futebol brasileiro, onde teve o privilégio de atuar com nomes consagrados como Edson, Dino Sani, Ditão, Maciel, Rivelino, Heitor, Luizinho e outros craques.

                      Outra curiosidade era a localização do armário de Adnan no Parque São Jorge, que ficava ao lado do craque Roberto Rivelino, o “Reizinho do Parque”.

                      Atuando pelo Corinthians, Adnan teve a oportunidade de jogar diversos torneios internacionais, atuando contra grandes equipes do futebol mundial como Internazionale de Milão, Lazio (Itália), Barcelona e Español (Espanha).

                      Num desses encontros de “gigantes”, o Corinthians venceu o Barcelona com gol de Adnan e foi campeão do Torneio Costa do Sol, realizado na Espanha em 1969. Outros títulos conquistados foram o Hexagonal do Chile, Taça Cidade de Turim, Taça Cidade de Roma e outros torneios na Europa e na América do Sul.

Em pé: Dirceu Alves, Lidu, Carlos, Clóvis, Edson e Diogo     –     Agachados: Paulo Borges, Adnan, Benê, Rivelino e Eduardo
Em pé: Osvaldo Cunha, Carlos, Luiz Américo, Luiz Carlos, Lidu e Diogo      –    Agachados: Paulo Borges, Adnan, Flávio, Rivelino e Eduardo
Em pé: Lula, Osvaldo Cunha, Ditão, Luiz Carlos, Dirceu Alves e Lidu    –    Agachados: Paulo Borges, Adnan, Benê, Rivelino e Eduardo

Postado em A

Deixe uma resposta